6 dicas para fazer uma boa redação no Enem

Especialistas explicam como construir um bom texto e alcançar a nota máxima

Maio 23, 2024 - 12:00
 0  5
6 dicas para fazer uma boa redação no Enem

Os candidatos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) ainda apresentam dificuldades na escrita de um texto dissertativo-argumentativo, conforme os dados do Ministério da Educação (MEC). Em 2023, dos 2,7 milhões de candidatos, apenas 60 tiraram nota mil, entre eles, somente 4 de escolas públicas; enquanto 80 mil tiraram nota zero. Isso, muitas vezes, se deve ao fato de os candidatos precisarem encarar um antigo medo: a redação.

Mas não se preocupe, neste artigo há algumas dicas para a produção de uma redação nota mil. Confira!

1. Introdução

A introdução deve conter informações sobre o assunto, e duas frases, afirmativas ou negativas, que serão explicadas nos dois parágrafos reservados ao desenvolvimento.

2. Desenvolvimento

Use argumentos, baseados nas leituras feitas, para discorrer sobre as afirmações lançadas. Fazer citações, mencionar anos, fatos ocorridos etc., ajudarão a elevar a sua nota, pois demonstrarão conhecimento.

3. Conclusão

A conclusão deve trazer uma proposta de solução ao argumento defendido no texto. Para isso, os estudantes devem responder às seguintes perguntas:

  • O quê?: ações necessárias para resolver o problema. Sugerimos duas.
  • Quem?: agentes responsáveis pelas ações. Recomendamos que o poder público faça parte dos agentes.
  • Como?: a maneira como as ações serão praticadas.
  • Para quê?: efeitos esperados com a ação.
Uma boa redação não pode ter ambiguidade Imagem: Ground Pictures| Shutterstock

4. Evite ambiguidade

Não basta conhecer a estrutura do texto. Uma redação bem redigida não pode ter ambiguidade. Exemplo:

  • Errado: Cida disse para Sérgio que sua mãe havia chegado. O fato de não deixar claro de quem era a mãe, gera ambiguidade.
  • Certo: Cida disse para Sérgio que a mãe dela/dele havia chegado. A substituição do pronome resolve a ambiguidade.

5. Construa um texto coeso

A coerência é estabelecida a partir de elementos que asseguram a ligação entre as palavras e as frases de um texto para garantir a continuidade da ideia e sentido. Para isso, são utilizados conectivos, preposições, pronomes e advérbios.

Exemplo 1

  • Ociosidade. Enem chegando. Tranquilidade.

As frases acima não apresentam ligação entre elas. Cada uma tem o seu próprio significado. Vamos transformá-las em um texto coeso?

  • Minha ociosidade me deixa preocupada, à medida que o Enem está chegando. Sendo assim, a tranquilidade precisa se transformar em estudo.

Exemplo 2

  • Sérgio só compra carne, porque é vegetariano.

A incoerência desta frase consiste no fato de que quem é vegetariano não come carne.

  • Sérgio só come legumes, porque é vegetariano.

Essa frase apresenta coerência.

O candidato precisa se preocupar, também, com a norma padrão da Língua Portuguesa, pois essa é a competência número 1 analisada pelos avaliadores.

6. Exercite a escrita e a leitura

Treine a escrita de vários textos, lendo as redações que tiraram nota mil. E leia muito, porque o conhecimento é essencial para defender seu ponto de vista de forma clara, objetiva e segura.

Temas que podem ser abordados em 2024

No Enem, os temas da redação têm sempre um viés social e atual. Tenha isso em mente. Alguns dos possíveis temas para 2024 são:

  • Inteligência artificial;
  • Lixo eletrônico;
  • Regulamentação do Uber no Brasil;
  • Violência escolar;
  • Vacina no Brasil;
  • Envelhecimento no Brasil;
  • Inclusão de autistas no mercado de trabalho;
  • Homofobia.

Por Cida Simka, licenciada em Letras, e Sérgio Simka, mestre e doutor em Língua Portuguesa. Entre os livros que lançaram está “Prática de Escrita – Atividades para pensar e escrever”, publicado pela Wak Editora.

Qual é a sua reação?

like

dislike

love

funny

angry

sad

wow