Veja como se proteger das doenças respiratórias no inverno

Médica explica como alguns cuidados são importantes para garantir a saúde nesta época do ano

Junho 7, 2024 - 18:30
 0  7
Veja como se proteger das doenças respiratórias no inverno

Com a proximidade do inverno, que começa em 21 de junho no hemisfério sul, as temperaturas diminuem em diversas regiões do Brasil. Com o frio, os riscos de doenças respiratórias, como gripe, resfriado, pneumonia, COVID-19 e viroses, aumentam. Isso porque ficar em espaços fechados para se manter aquecido pode ajudar na propagação dessas doenças.

De acordo com a imunologista e pneumologista Larissa Cau Carlet, membro da plataforma de saúde Doctoralia, alguns sintomas característicos das doenças do período devem ser observados atendentemente, especialmente se você já tem algum quadro pré-existente.

“Se você já tem rinite e espirra diariamente, é importante estar atento a sintomas adicionais, como febre, dor de cabeça e no corpo, secreção nasal colorida e tosse. Caso esses sintomas apareçam, é aconselhável consultar um médico para diferenciar entre um quadro gripal, sinusite ou algo mais grave”, afirma.

Vacinação ainda é um dos melhores métodos para se proteger das doenças de inverno Imagem: Prostock-studio | Shutterstock

Vacinas indicadas para evitar doenças respiratórias

A especialista pontua que as vacinas recomendadas para evitar complicações respiratórias no inverno incluem a vacina contra a gripe (influenza) e a vacina pneumocócica, que protege contra complicações relacionadas a pneumonias bacterianas.

“A vacina contra a gripe (influenza) é recomendada para as pessoas que têm mais de seis meses, e com exceção daqueles que têm contraindicações médicas específicas. Mas também existe vacina contra vírus sincicial respiratório, que são novas no mercado e indicadas especialmente para idosos. Porém, é importante consultar um médico para determinar se a vacina é adequada para cada indivíduo”, diz a imunologista.

Cuidados para prevenir crises alérgicas

Larissa Cau Carlet afirma que alérgicos respiratórios e asmáticos podem prevenir crises no inverno evitando exposição a alérgenos conhecidos, como poeira, mofo e pelos de animais. Além disso, é importante manter a casa limpa e bem ventilada e tomar os medicamentos prescritos conforme orientação médica. O cuidado com roupas de cama e agasalhos guardados é indispensável, já que podem conter mofo, ácaros e desencadear crises caso não sejam lavados antes do uso.

“Populações mais vulneráveis ao inverno incluem idosos, crianças pequenas, pessoas com doenças crônicas, como asma, DPOC (doença pulmonar obstrutiva crônica), insuficiência cardíaca e diabetes, e aqueles com sistemas imunológicos comprometidos. Para aumentar a imunidade e prevenir doenças respiratórias, é importante manter um estilo de vida saudável, incluindo uma dieta balanceada, exercícios regulares, sono adequado e redução do estresse”, finaliza a profissional.

Por Luiza Fidelis

Qual é a sua reação?

like

dislike

love

funny

angry

sad

wow